Os pendentes de cariz religioso foram sempre utilizados com frequência, como é o caso deste exemplar que pertenceu a D. Ana, religiosa professa no Convento de Santa Clara. Cordiforme, esta joia é constituída por moldura de ouro esmaltado, envolvendo a figura, em vulto redondo, de Santo António com o Menino, assente sobre outro pequeno coração.