Em forma de tau, o báculo de S. Teotónio, prior do Mosteiro de Santa Cruz, é composto por decoração vegetalista e zoomórfica, enriquecida pela presença de pedras e vidros coloridos engastados no metal. A forma não é muito comum em Portugal, embora as iluminuras ilustrem a sua existência e uso até ao século XV. Outras representações conhecidas são a figura apoiada num báculo semelhante existente num capitel românico da Igreja de S. Cristovão de Rio Mau e a crossa do bordão de peregrina da Rainha Santa Isabel.