O Anjo da Sé do Porto, pertencente possivelmente a uma Anunciação e destinado à fachada ou ao interior daquele templo, é uma das mais interessantes esculturas românicas figurativas, tão raras em Portugal. Revela influências francesas, que se sobrepõem às tradições locais de raiz visigótica e moçárabe, pela frontalidade e hieratismo que apresenta e pelas características vincadas de estilização, comuns na linguagem do românico europeu.